.

.

14.10.16

10 horas antes de partir



Tudo começou a ser mais fácil. Tinha tantas dúvidas na minha cabeça que não havia espaço para mais nada. Precisava de uma mala de porão mas não queria que fosse apenas uma mala. Tinha que ser A mala. Se me ia marcar de uma forma tão especial, teria que me acompanhar e dar sorte em todas as minhas próximas aventuras. Procurei por várias em diferentes lojas. O meu único critério é que não podia ser grande. Depois de me ter informado sobre os limites de peso que eram incluídos no bilhete, dar-me ao luxo de escolher uma mala com espaço para levar uma casa atrás só me iria dar grandes dores de cabeça no futuro. Resolvi erradicar o mal logo pela raiz. Se não fosse muito grande, não dava para grandes imaginações. Na verdade o que era mesmo essencial lá colocar só eram duas coisas. O saco-cama e o pão de deus mais fofo da padaria portuguesa que encontrasse na véspera para a Joana. Mas continuava a ter que ser especial e nada daquilo que encontrava conseguia preencher esse lugar. Ou eram demasiado básicas, ou demasiado caras, ou com grandes possibilidades de se partirem a meio das cambalhotas que fazem até nos chegarem de novo às mãos e que uma pessoa nunca imagina. 

Os dias passavam e eu já pensava para mim mesma "Compras ali uma mala básica na Primark e deixas-te de mariquices que daqui a nada estás pior que a Pepa". Até que um dia fui ao Freeport e olhei para uma loja que nunca antes tinha reparado ali estar: Samsonite. Ao fundo, mesmo contra a parede mais longe, estava A mala. Permitam-me ser fútil e dizer-vos que me apaixonei porque esta mala assim o merece. Com um design como eu gosto, branca metalizada e o mais importante, com um mundo inteiro por descobrir. Era aquela. Tinha consciência que as malas da Samsonite não são agradáveis aos orçamentos, mas não fazia ideia que era possível encontrar várias por quase metade do preço no Freeport. Mas melhor ainda, havia campanhas de poder pagar a 4 a 6 vezes sem juros nas lojas que fossem aderentes. Não preciso de dizer mais, pois não? Foi feliz a noite em que adormeci a olha-la por entre as almofadas. 

Coloco o despertador para as cinco e meia da manhã. Vai correr tudo bem... e adormeço. 

3 comentários:

  1. A qualidade das Samsonite faz com que valha a pena, sobretudo quando têm desconto!

    ResponderEliminar

Copyright @ the brunette lingerie. Blog Design by KotrynaBassDesign